quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Programa: Nú com Linfomaníaco

CLIQUE NA IMAGEM
"Nú Com Linfomaníaco"

Linfomaníaco - Bom dia, hoje em nosso programa teremos um convidado especial.
Ele é sorrateiro, no geral não causa dor, mas sim cansaço, suores noturnos, tosse e normalmente muita coceira e inchaço dos gânglios, exatamente, estamos falando dele: o Linfoma Não-Hodgkin...
Pode entrar...sente-se...

[aplausos]

Linfoma Não-Hodgkin - Bom Dia. Obrigado, obrigado.

L. - Ehehe...é um prazer te-lo em nosso programa.

L.N.H. - Ahh, o prazer é meu. Ainda mais com uma platéia tão saudável como essa...

[vaias]

L. - Parece-me que não gostaram muito do seu comentário, mas vamos começar, de onde você veio?

L.N.H. - Bom...venho de uma Sou na verdade uma neoplasia(neo= novo + plasia = tecido) maligna e me originei nos linfonodos (gânglios), que são muito importantes no combate a infecções. Nós, linfomas não-Hodgkin, somos mais de 20 tipos diferentes.

L. - Nossa, são uma família bem grade heim.

L.N.H. - E ainda temos os subtipos dentro das mais de 30 categorias.

L. - Nossa...deve ser difícil diferenciar todos voces?!

L.N.H. - Pois é, os exames mais comuns são, além de verificar os sintomas, Radiografia, Tomografia(com contraste), Ressonância Núclear Magnética(RNM)...ahh ia me esquecendo também a Biópsia, mas esse último só quando já se sabe onde o Linfoma está.

L. - Interessante...ahh, espere, acabam de me informar que você tem um irmão.

L.N..H. - Pois é, é o Linfoma de Hodgkin, assim como eu ele se origina nos linfonodos, mais precisamente na clássica célula de Reed-Sternberg(em homenagem aos doutores: Carl Sternberg e Dorothy Reed, que as descreveram com detalhes), possui em geral citoplasma abundante, apresentando-se binucleada (2 núcleos) com dois nucléolos grandes (um em cada núcleo) se parecem com de "olhos de coruja".

L. - Certo, mas voltemos a você. Durante sua existência, você se definiria como?

L.N.H. - Bom, daois termos que eu poderia usar: Agressivo, que quando sou extremamente ativo, e me desenvolvo depressa até extinguir o portador ehehe (mas a resposta ao tratamento é igualmente rapida); e Indolente, que pode levar anos para aparecer, a pessoa pode morrer de outras causas e eu ainda estar lá. Mas ainda posso me definir em 4 estágios. No estágio I observa-se envolvimento de apenas um grupo de linfonodos. Já no estágio IV temos o envolvimento disseminado dos linfonodos. Além disso, cada estágio é subdividido em A e B (ex: estágios 1A ou 2B). O "A" significa assintomático, e para pacientes que se queixam de febre, sudorese, etc, aplica-se o termo "B".

L. - Humm...até que você é bem específico em suas definições. Bom, vamos aos nossos comerciais, esse foi o Linfoma Não-Hodgkin. Não percam o próximo bloco, revelações, qual o tratamento, quem ele dá preferência para se originar, jovens? Idosos? E ainda quais o remédios que um paciente toma durante o tratamento e seus efeitos...Não percam, continuem acompanhando o programa "Nú Com Linfomaníaco"...

2 comentários:

Cristine disse...

Incrível!!

Adorei o formato de entrevista para informar as pessoas.

Renata (impermeável a) disse...

nossa, conheço este cara...!

de perto...
nu?

http://hodgkineuconheoestecara.blogspot.com/